sexta-feira, 10 de abril de 2009

Hatsu-Man #3

Nasce um herói!

No meio daquele parque vazio, apenas dois rapazes conversavam. Estes eram Joe e Paulo, dois garotos que estavam praticando a Aura.

-Joe, praticar a Aura não será nada fácil. Tentarei fazer contigo em uma semana, algo que fiz em um mês! Bem, começaremos pelo básico. A Aura é a energia vital que flui dos seres vivos. A arte de controlar essa energia se chama "Nen". Poucas pessoas conhecem esse poder, mas aqueles que o controlam se tornam pessoas poderosas, capazes de resistir ataques de bazucas e causar com os punhos ou qualquer parte do corpo dano equivalente à mesma.

-Quê? Quer dizer que posso dar um tiro de bazuca com apenas o meu punho?

-Cale a boca e deixe-me continuar a falar, certo? – respondia Paulo, com um olhar raivoso. – Para aprender o Nen, existem três maneiras: por um mestre, por indução ou por batismo. Na primeira, um mestre lhe ensinará todos os passos para utilizar o nen, sendo algo bem demorado. No segundo, um usuário experiente abrirá os seus shoukos, que são portas existentes no nosso corpo para a liberação da aura. Na terceira, a pessoa terá de sobreviver a um combate contra um usuário de nen, o que é muito arriscado. Mas com você, faremos as duas primeiras.

-E esse negócio de abrir shouko... Vai doer?

-Claro que não, sua mula! Shoukos são portais espirituais que liberam a aura de todo o ser. É arriscado, pois quando eu liberar os seus shoukos, você deve concentrar-se. Caso contrário, se você não conseguir evitar uma liberação exagerada de aura, você pode morrer. Afinal, a aura é sua energia vital.

-CÊ TÁ MALUCO? QUER QUE EU MORRA NESSA PARADA? – gritou Joe, nervoso ao ouvir as palavras mortíferas de Paulo.

-Puta que pariu cara, CALA ESSA BOCA! – Após gritar, Paulo deu um pequeno golpe na cabeça do amigo, para que esse se acalmasse. – Bem, está pronto?

-Preciso responder? – enquanto falava, Joe levantou as mãos e olhou para o lado.

-Muito bem, vou usar minha aura para abrir seus shoukos. Você vai sentir uma energia imensa fluir, mas terá que controlá-la.

Paulo levantou-se e mandou Joe se sentar no chão. O amigo ficou a mais ou menos um metro de distância do outro, e então Paulo levantou a mão direita, bem fechada. Uma energia começou a concentrar-se no punho de Paulo e, quando este abriu a mão com força, uma rajada de energia lançou-se contra Joe. O garoto sentiu algo estranho, algo como se fosse explodir. Um calor enorme emanou de seu corpo, como se estivesse em uma bolha de calor.
-Concentre sua aura! Não deixe sair por completo. Concentre-se!

As palavras de Paulo ficavam gravadas na mente do rapaz, que tentava controlar a aura. Joe concentrava-se, tentando diminuir aquela sensação. Até que ele se sentiu melhor e abriu os olhos. Ao abrir, espantou-se ao notar uma aura dourada em sua volta. Quase deu um grito. Olhou para Paulo, que sorria para o amigo, com uma expressão de orgulho no rosto.

-Consegui! – gritou Joe, dando saltos e levantando as mãos para cima. – Agora vou poder voltar pra casa e...

-Nada disso! – interrompeu Paulo. – Agora é que o treino começa...

-HÃ?

-Agora vou lhe ensinar as seis técnicas básicas da aura!

-Seis...? – contou Joe nos dedos.

-Emissão, Reforço, Transformação, Manipulação, Materialização e Especialização. Cada usuário de Nen tem uma técnica principal. Porém, isso não o impede de usar as outras. Eu por exemplo, sou da Emissão. Naquele dia contra o bandido usei o Reforço...

-Paulo, você esqueceu de explicar as técnicas...

-É MESMO! Bem, com o Reforço você concentra a aura em partes do corpo, aumentando seu ataque e sua defesa. Também pode usar para restaurar ferimentos e cansaço. Com a Emissão, você é capaz de lançar sua aura para fora, expelindo-a geralmente em forma de esfera e com grande poder de destruição. Na Transformação você transforma a aura em propriedades da natureza, como fogo, água e eletricidade. Em Manipulação, você preenche aura em torno de algum objeto ou ser para manipulá-lo. A Materialização serve para materializar a aura em algum objeto, transformando a aura pura em algo.

-E a última?

-Especialização? Ah, ela compõe as habilidades fora das outras técnicas, como prever o futuro e outras coisas passadas geralmente por clãs e famílias.

-Legal... – comentou Joe. – Mas como raios vou saber a minha classe?

-Isso é simples. Há um teste para descobrir sua classe de Aura. No teste, você terá que acumular aura na mão, criando uma esfera. Você terá que testar todas as classes, até uma surtir efeito. A sua classe é sempre a primeira que você conseguir dominar.

-Certo... – Joe concentrou aura na mão, criando uma pequena esfera nela. – E agora?

-Se você conseguir fazer a esfera explodir, você será da Emissão. Se desmanchar em torno da sua mão, formando uma proteção, você é do Reforço. Se ela virar algum elemento, você é da Transformação e aquele elemento é seu elemento principal. Se a esfera virar um objeto, você é da Materialização. Se você aproximar algum objeto, e a aura da esfera for até o objeto, você é da Manipulação.

-Mas espera aí... E a Especialização?

-Caso você for da Especialização, nada vai acontecer com a esfera. Espere, olhe!

Joe olhou para a esfera de aura. Ela estava mudando de forma. Parecia algo líquido, que saiu da palma da mão e cobriu sua mão, como uma defesa. Ele era do grupo Reforço.

-Agora teremos duas semanas de treino. Vou fazer o possível para que você fique perfeito durante esse tempo. Você terá de aprender a dominar seu poder e liberar a aura. Serão quatorze longos dias...

Durante os dias de treinos, Joe treinou sem parar. Primeiro teve de aprender a liberar sua aura sem a ajuda de Paulo. Depois de liberá-la teve de controlá-la para que esta não saísse em excesso e ele pudesse morrer. Após isso, precisou concentrar a aura e, por fim, usa-la em uma das seis formas básicas. Depois de dez dias de treino, enfim Joe começou a usar técnicas com o Reforço. Seu primeiro golpe foi concentrar uma boa quantidade de aura no punho, resultando em um poderoso soco. Ele ainda não elaborou um nome para o golpe, mas já havia elaborado algo para utilizar suas novas habilidades.

Os dois estavam sentados no banco da praça, descansando do treino. Joe não hesitou e resolveu falar.

-Paulo?

-Sim, diga.

-Paulo, eu quero usar meus poderes para o bem. Decidi me tornar um novo herói. Vou agora me tornar o herói... Hatsu-Man!

-Hatsu-Man? Que diabos de nome é...?

-Bem, basicamente significa “homem que emite aura”.

-Até que é um ótimo nome. – comentou Paulo, dando uma risada.

Passaram-se os dias e enfim chegou o último dia de treino. Após muito treinarem, ficaram a descansar. Até que Paulo resolveu falar:

-Joe, agora você irá treinar sozinho. Infelizmente terei de ir para a minha terra natal, no Brasil.
-Quê? – exclamou o outro. – Você não pode ir, não agora? Ainda sou novo e...

-Deixa de falar besteira! Eu confio no seu potencial. Quem sabe um dia eu volte.

-Vou sentir sua falta. Não se preocupe, não vou lhe decepcionar. Vou salvar essa cidade com minha justiça e com meus poderes!

-Sinto orgulho disso. Adeus, Joe.

Os dois se cumprimentam, finalizando assim a grande despedida de dois grandes amigos.

Uma hora depois, Joe está no topo do prédio Act City, o segundo maior prédio do Japão. Ele usou a Materialização, para criar asas e voar até o topo do prédio. Poucas pessoas notaram aquilo, mas as que viram acharam ter visto um anjo. A cidade ultimamente estava sendo aterrorizada por mutantes incontroláveis. Não só esta cidade, mas como o Japão e o mundo inteiro. Mas pelo menos em Hamamatsu, um herói irá proteger o povo do mal!

-Vamos ver se minha roupa de aura funcionará. Projetei-a para que não descubram minha identidade.

Assim, Joe concentra-se e usa uma incrível combinação de Materialização com Reforço, criando uma roupa em sua volta. A roupa era dourada, com botas e luvas brancas. Seus cabelos castanhos ficavam à mostra. O peitoral era muito forte, usando como proteção da região dos órgãos.

-HAMAMATSU – gritou o novo herói – Preparem-se, pois Hatsu-Man chegou! Hatsu-Fly!

Hatsu-Fly era sua técnica de criar asas com a Materialização e manipula-las com a Manipulação. Joe tinha a incrível habilidade de juntar as formas básicas da aura em uma técnica só. Ele sobrevoava a cidade, como se a patrulhasse. Eis que algo inesperado ocorre: um assalto a banco. O herói desce, parando em frente ao banco. No momento, os ladrões se assustam com a figura estranha. Eram cinco ladrões, onde três estavam dentro do banco e dois lá fora. O segurança fora preso e amarrado.

-Eu sou Hatsu-Man, o herói dourado! – exclamou o guerreiro dourado. - Parem agora, bandidos!

-Que diabo de fantasia é esta, meu chapa? – zombou um dos ladrões.

-Esquece esse cara, Tsuto. – disse o outro. – Ou melhor, vamos fuzilar esse leproso!

Os dois bandidos sacam suas armas.

-Hatsu-FistShield!
Após dizer isso, um escudo de aura surge no punho do herói, que o usa para se defender das balas. Os bandidos ficam espantados e para de atirar após gastarem todas as suas balas. O guerreiro mascarado partiu em direção aos bandidos, concentrando aura no punho.

-Hatsu-Punch!

Joe desfere um soco muito fraco em relação a quantidade de aura, mas o suficiente para acertar um dos bandidos, que caiu por cima do outro e ambos caíram no chão. Com todo aquele barulho, os outros três saem do banco as pressas.

-O que está acontecendo...? – ao ver a situação, o ladrão para de falar. – Oh não!

-Esqueça os dois, chefe. – disse um outro. – Vamos fugir com a grana. Yuko ligue o carro!

Os três bandidos entram no carro e fogem em alta velocidade. Joe concentra uma pequena quantidade de aura na mão, criando uma esfera de aura.

-Uma pequena esfera de aura, mas capaz de destruir um carro... Agora!

Usando da Emissão, ele cria uma esfera de aura pura e a arremessa em direção ao carro, que ao ser atingido, vira de cabeça para baixo.

Após toda a confusão, a polícia chega para prender os bandidos. Um dos policiais agradece ao novo herói, cumprimentando com a mão.

-Obrigado. Graças a você, conseguimos prender essa maldita quadrilha.

-Não se preocupe, Senhor policial. Agora que Hatsu-Man está aqui, Hamamatsu está salva!

E assim, Joe ativa seu Hatsu-Fly, voando para casa.

2 Comentário

CG FILM PICTURES

Gostei do texto, diálogos ótimos e frases pequenas,bom de ler.
Beijinhos de Rozangela Melo
Fazemso cinema amador
Visite nosso blog:
www.cgfilmpictures.blogspot.com

Postar um comentário

Leia as regras:

Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Não escreva comentários com o Caps ativado.

Obs: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

  ©Projeto Kraft - Todos os direitos reservados.

Dicas Blogger | Wellington Holanda | Topo