quarta-feira, 14 de abril de 2010

Adianta somente reclamar?

Vai por aí um coro de queixumes para nossos representantes políticos. Eles estão prestes a se oferecerem mais uma vez, cabe a nós decidir se eles podem ou não. É tal a onda de sobranceria face à qualidade dos políticos e de desdém pela campanha eleitoral que até chega a parecer que a sociedade civil portuguesa se tornou, de repente, a mais culta, exigente e desenvolvida da chamada civilização ocidental.

A lamúria atingiu níveis nunca vistos, em todos os quadrantes profissionais, ideológicos ou residenciais lá estão eles. E, no nicho de mercado dos comentadores jornalísticos e televisivos, atingiu os píncaros. Que os líderes partidários são produtos mediáticos vazios de conteúdo. Que só falam entre si e para si mesmos. Que o discurso é sempre igual e só se ocupam de «faits-divers» como a questiúncula dos debates. Que não apresentam ideias para o país nem galvanizam os eleitores. Que se vai votar com o mesmo entusiasmo com que se vai a um funeral. Que a abstenção ou o voto branco é o que eles merecem. Que, que, que… O comentário sobranceiro e depreciativo sobre os políticos e as eleições tornou-se a moda mais «in» neste início de 2010.

Ora, a verdade é que este avassalador coro de críticos pouco se interessa (nem está interessado em saber) sobre as implicações ou a exequibilidade das propostas do PT, Psol, PFL, PMDB, etc. Eles querem saber apenas se vão ter o que comer final do mês, se seus filhos serão bem atendidos caso quebrem um braço ou perna, querem saber se na escola eles estão aprendendo.

Os partidos políticos e os seus principais responsáveis são, obviamente, um espelho do país e do seu nível de desenvolvimento. Ainda assim muitos deles situam-se bem acima da média, quer do ponto de vista de conhecimentos e de formação quer da capacidade e das horas de trabalho que dedicam à esfera pública.

6 Comentário

Data Clipe! por Conrado Cooper

essa charge é muito criativa, falta td mesmo, menos o protesto de nos que somos lesados frente a administração publica

Vítor Engel

Realmente não adianta, tem que agiar de alguma forma para resolver o problema.

aam-00

Todos reclamam mas poucos fazem algo para mudar a situação, por isso acabamos assim.
www.sintoonize.com

Gavriel Alon

a chage é criativa ²
é as pessoas realmente falam d+ e não fazem nada.. Mais nois que somos culpados de colar esses políticos corruptos no poder!!

sabor da floresta

a soluçao esta em ñ fazermos caca nas urnas

branco

queria Loly, só mesmo uma ampla e profunda reforma política pra mudar os vícios e os hábitos de uma classe política que cai ca dia mais no descrédito da população, parabéns pela preocupação com o tema..bjo do seu migo Kalson

Postar um comentário

Leia as regras:

Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Não escreva comentários com o Caps ativado.

Obs: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

  ©Projeto Kraft - Todos os direitos reservados.

Dicas Blogger | Wellington Holanda | Topo