sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Pentagrama - A história por trás do símbolo


O pentagrama é um símbolo bastante conhecido, porém dotado de preconceitos e pouco conhecimento sobre seus significados. O Projeto Kraft ira agora desvendar seus mistérios e mostrar à todos que o pentagrama não é o que todos pensam.



Inicialmente, o símbolo fora utilizado pelos Hebreus, que o associavam à Verdade, para os cinco livros do Pentateuco (os cinco livros do Velho Testamento, atribuídos a Moisés). Na Roma Antiga, o pentagrama era o símbolo da deusa Vênus. Na China, o pentagrama representava o ciclo da destruição, a base filosófica da medicina tradicional chinesa. Neste caso, cada extremidade do pentagrama simboliza um elemento específico: Terra, Água, Fogo, Madeira e Metal, onde cada elemento gerava o outro, dando um ciclo de criação (Quem já leu Shaman King já ouviu falar disso...)

Também representou elementos no Paganismo, porém quatro: Água, Terra, Fogo e Ar. Os quatro elementos eram coordenados pelo espírito, tornando o pentagrama um talismã muito eficiente. O pentagrama era um símbolo divino para os druidas e representava a deusa Morrighan para os celtas. Já com os egípcios, era o útero da Terra, mantendo uma relação simbólica com as pirâmides.

Os primeiros usavam o pentagrama como um símbolo das cinco chagas de Cristo. Também fora usado como símbolo de comemoração anual da visita dos Três Reis Magos ao Menino Jesus. Em tempos medievais, o pentagrama fora usado também como amuleto contra demônios. Os Templários, ordem de monges formada durante as Cruzadas, ganharam grande riqueza através das doações de todos aqueles que se juntavam à ordem, além dos tesouros conquistados na Terra Santa. Os Templários foram dizimados pela mesquinhez da Igreja e pelo fanatismo religioso de Luis IX, em 1303. Iniciou-se assim a Idade das Trevas, onde se queimavam, torturavam e excomungavam qualquer um que se opusesse a Igreja. Durante esse longo tempo de Inquisição, a igreja mergulhou no próprio diabolismo ao qual se opunha. Nessa época o pentagrama simbolizou a cabeça de um bode ou do diabo, na forma de Baphomet, o mesmo que a Igreja acusou os Templários de adorar. Assim sendo, o pentagrama passou de um símbolo de segurança à representação do mal, sendo chamado de Pé da Bruxa. Assim, a perseguição da Igreja fez as religiões antigas se ocultarem na clandestinidade.

Após o término da Idade das Trevas, as sociedades secretas deixaram de temer a Igreja e voltaram a realizar seus estudos. O pentagrama agora simbolizava o Homem de Pitágoras, representado através de braços e pernas abertas, parecendo estar disposto em cinco partes em forma de cruz. Na maçonaria, o pentagrama era conhecido como Laço Infinito, que simbolizava a virtude e o dever.



Eis que surge a crença que todos conhecem! Atenção, fanáticos que seguem os conceitos religiosos e ignoram fatos científicos e culturais, este texto tem como finalidade mostrar para vocês que o pentagrama não apenas o que vocês pensam! Cultuem-no com a ponta para cima! E aos satanistas que lerem esse texto, peço que não façam pactos satânicos, pois minha vida já é uma merda sem precisar de rituais... Agora vamos aprofundar na história do pentagrama no Satanismo:

Os considerados satanistas usam o pentagrama de uma maneira diferente das que as outras crenças usaram: invertido, ou seja, com a ponta para baixo. Depois de disseminado pela bruxaria e Wicca, o pentagrama fora adotado como símbolo satanista por Anton LaVey, criador da Igreja de Satã, porém invertido. Com isso, a Igreja Católica considerou o pentagrama como símbolo demoníaco, independente de invertido ou não.



Até hoje o pentagrama é um símbolo que indica ocultismo, proteção e perfeição. Independente do que tenha sido associado em seu passado, ele se configura como um dos principais e mais utilizados símbolos mágicos da cultura Universal.

Fontes: Wikipedia e Spectrum

1 comentário

' Januzza.

Eu como fã de dan Brown.. Não poderia nçao me interessar pelo post né rsrs
Mais uma bela decifragem de um símbolo que já disse e ainda diz muuita coisa =)

Postar um comentário

Leia as regras:

Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Não escreva comentários com o Caps ativado.

Obs: Comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.

  ©Projeto Kraft - Todos os direitos reservados.

Dicas Blogger | Wellington Holanda | Topo